Direito Empresarial

Disponibiliza-se ao direito empresarial a oportunidade de cobrança extrajudicial e judicial, requerendo nas ações de cobranças os valores relativos a cheques, notas promissórias, notas fiscais ou até contratos verbais que não foram pagos no prazo de 5 (cinco) anos. E, também, uma advocacia preventiva que busca o planejamento tributário, societário e sucessório; consultoria jurídica; dentre outros, com o escopo a redução de riscos jurídicos, bem como o processo de recuperação judicial e de falência.